Dormammu

by

Info/ Curiosidades / Outras Mídias

DormammuStan Lee, Steve Ditko
Primeira Aparição: Strange Tales #126
Nome: Dormammu
Outros Nomes:  O Grande Enigma, Dread One, The Black One, Comedor de Almas, Senhor da Escuridão, Senhor do Caos, Senhor da Dimensão Negra, Flyx
Nacionalidade: Universo dos Fantine
Raça: Entidade cósmica
Status: Ativo

Poderes:

Chamas dos Faltines: Energia mística que compõe todo seu corpo, o que lhe faz capaz de:

  • Projetar Energia: As manifestações vão desde rajadas de força e chamas amaldiçoadas a seres magicamente construídos. Pode fortalecer outros a tal ponto que esse ser possa até mesmo superar o Mago Supremo de uma dimensão.
  • Absorver de Energia: Ele pode absorver o poder de toda a Dimensão Negra, mas fica mais limitado quando está em outra dimensão.
  • Invulnerabilidade: Dormammu é praticamente imune a danos físicos e místicos.
  • Metamorfose:  Manipular a si mesmo com relativa facilidade, mudando sua aparência e seu tamanho. Pode aumentar seu tamanho para níveis incríveis, o que fornece um grande aumento de força.
  • Força Sobre-Humana: Capaz de usar seus poderes mágicos para aumentar sua força, permitindo-lhe erguer bem mais de 100 toneladas.
  • Voo em Alta Velocidade: Pode usar sua energia mística para voar em velocidades supersônicas.
  • Ressurreição: Sua energia já se mostrou capaz de ressuscitar humanos que haviam morrido.

Banimento: Pode banir qualquer um de seu domínio, a Dimensão Negra, mas geralmente opta por combatê-los.

Projeção Astral: inter-dimensional e quase ilimitada.

Transmutação de Matéria: Alterar e moldar objetos em sua Dimensão Negra em uma arma de sua escolha.

Teletransporte Inter-dimensional: Permite-lhe ver e/ou atravessar para outras dimensões, bem como transportar energias e objetos através deles.

Controle Elemental: Dormammu pode evocar os elementos.

Viagem no Tempo: Embora seja capaz de viajar no tempo, isso parece drenar os poderes de Dormammu, fazendo com que ele não use esse dom.

Imortalidade: Dormammu é completamente imune ao envelhecimento. Ele já viveu por milhares ou até mesmo milhões de anos e não envelheceu sequer um dia.

Fator de Cura Regenerativo: Sua raça é imune a doenças e toxinas, podendo se recuperar de praticamente qualquer dano, não importando o quão severo seja.

Seu poder é muito maior quando está em seu reino, a Zona Negativa, do que em outra dimensão. Até mesmo uma abertura dimensional temporária com outras dimensões demonstraram enfraquecê-lo, minando seus poderes místicos o suficiente para que o Mago Supremo da dimensão da Terra pudesse rivalizar com ele em combate mágico direto. Sua energia mística é aumentada e reabastecida, pelo menos parcialmente, pela adoração em várias dimensões.

Equipamentos:

Habilidades:

  • Inteligência: Embora não seja onisciente como afirma, ele ainda é considerado um Super-Gênio, comparado com o resto do universo.
  • Mestre das Artes Marciais: Formidável combatente corpo-a-corpo, treinado em um estilo de luta extra-dimensional.

Características Psicológicas: Tiranico

Características Físicas: Seu corpo é composto de pura energia mística. Em sua forma humanóide, possui cabelos negros e porte atlético.

Outras Características:

Afiliações:

Base de Operações: Dimensão Negra

Ocupação: Governante da Dimensão Negra

Parentes Conhecidos:

Pai (morto)- Sinifer

Irmã – Umar

Sobrinha – Clea

Relacionamentos:

Biografia:

1.0 – Passado: 

Nascido há milhares ou até mesmo milhões de anos atrás, na dimensão das poderosas entidades energéticas chamadas Faltines, Dormammu e sua irmã Umar reuniram matéria para aumentar seus poderes, uma prática abominada pelos seus companheiros Faltines, transformando-se nos feiticeiros mais poderosos da sua dimensão. No fim, ao matarem seu pai, Sinifer, eles foram expulsos de sua dimensão natal, com os Faltines julgando sua procura por tal energia intolerável, e assim eles assumiram forma humana para explorar outras dimensões.

1.1- Dimensão Negra: Sua busca por conquistas os levou para a Dimensão Negra, um reino místico cheio de portais naturais. No momento da chegada deles, a sociedade com multi-espécies da Dimensão Negra estava em paz há quase 28.000 anos e estava no terceiro milênio do governo do Rei Olnar. Apesar das advertências de seus conselheiros mágicos, os Mhuruuks, Olnar ofereceu a Dormammu e Umar um lugar para ficarem, em troca do conhecimento de como quebrar barreiras dimensionais e absorver outras dimensões em seu domínio. Após décadas de tais conquistas, Dormammu, seja por acaso ou por vontade própria, levou Olnar à dimensão dos Acéfalos, enormes criaturas indestrutíveis, que mataram Olnar e muitos outros habitantes da Dimensão Negra. Dormammu e Umar repeliram e confinaram as criaturas, usando a confusão para assassinar a maioria dos Mhuruuks, e foram aclamados como heróis pela Dimensão Negra, da qual foram proclamados governantes. O filho infantil de Olnar, Orini, não sendo considerado uma ameaça, foi autorizado a viver sob seus cuidados. Como regente, Dormammu reverteu parcialmente a sua forma flamejante de Faltine e fundiu sua essência com a das energias místicas inatas da Dimensão Negra, aumentando enormemente seu poder.

Pouco se sabe sobre o início do reinado de Dormammu e como os habitantes da Dimensão Negra têm uma vida com duração de milênios, dentro de um universo cuja passagem no tempo pode não se igualar a da Terra. É quase impossível adivinhar quanto tempo essas atividades duraram.

Ele guerreou com vários governantes extra-dimensionais e aliou-se a outros, formando um pacto com Odin de Asgard e até mesmo se juntando à personificação da Eternidade para banir o poderoso ser chamado Zom para dentro de uma ânfora no submundo. Em algum momento, conheceu os Celestiais, Zeus e os antigos magos Atlantes.

Ele aparentemente observou a dimensão da Terra durante vários milênios, supostamente até mesmo manipulando a criação do demônio Satannish na pré-história da Terra.

Ele muitas vezes entrou em conflito com Agamotto, a entidade extra-dimensional que se nomeou como o primeiro Mago Supremo do universo, e conseguiu enfrentar ele e seu discípulo, um alienígena  sem nome, com tentáculos, por conta própria.

O amuleto imensamente poderoso chamado de Olho de Agamotto era usado contra Dormammu, assim como o misterioso Cajado do Absoluto dos Minorus (evocadores do demônio Nisanti e, portanto, indiretamente o próprio poder dele), mas Dormammu raramente, se alguma vez chegou a acontecer, foi realmente derrotado, e com o tempo ele ascendeu às fileiras daqueles seres místicos cujo auxílio era suplicado pelos feiticeiros mortais.

Quando Umar enlouqueceu, depois de ter uma filha com Orini, o qual agora era um adulto com milhares de anos, Dormammu usou truques para bani-la para um universo de bolso, tornando-se o único governante da Dimensão Negra e continuando suas conquistas. Orini tornou-se o discípulo mais devotado de Dormammu e criou sua filha Clea a serviço dele.

1.2- 1666: 

Tentou conquistar a dimensão da Terra em 1666, causando o Grande Incêndio de Londres e usando a força vital das suas vítimas para ligar as duas dimensões, através do Stonehenge. No entanto, Dormammu sofreu sua primeira derrota quando foi forçado a voltar para a Dimensão Negra pelo Mago Supremo da Terra.

1.3 – 1692: 

Em 1692, Dormammu também entrou em conflito com o exorcista de Salém, Hiram Shaw, o qual competiu pelo título de Mago Supremo, e teve outros inimigos terrestres ao longo dos séculos, mas o místico, mais tarde chamado de Ancião, tornou-se sua verdadeira obsessão. Na verdade, a influência do Ancião se espalhou por todo o Multiverso, protegendo outros reinos do domínio de Dormammu. Foi através de suas ações, auxiliado pelo Olho de Agamotto, que o Ancião foi considerado viável para o papel de Mago Supremo.

Incapaz de penetrar as barreiras místicas erguidas por seu inimigo para proteger a dimensão da Terra, Dormammu ocasionalmente agia através de peões humanos ao longo dos séculos, como quando, em 1888, ele estava envolvido na criação de Jack, o Estripador, talvez em cooperação com Fu Manchu, através de um parasita místico chamado mais tarde de Zaniac.

1.4- Segunda Guerra Mundial: Em 1943, Dormammu aceitou o Barão Mordo, discípulo do Ancião, a seu serviço, através do sacrifício da própria mãe e avô de Mordo. Um ano mais tarde, o Olho de Agamotto foi roubado, seja pela traição de Mordo ou não, pelos agentes nazistas e dado ao Caveira Vermelha, o qual, inadvertidamente, viajou para a Dimensão Negra através de seu poder. Capitão América, Bucky, Sargento Fury e o Comando Selvagem enfrentaram a ameaça e resgataram o Olho de Agamoto.

2- Surge o Doutor Estranho: Mordo, com o auxílio de Dormammu, enfraqueceu lentamente o poder do Ancião, um plano eventualmente interrompido pelo Doutor Stephen Strange, o qual se tornou o verdadeiro discípulo e sucessor do Ancião. No entanto, Mordo continuou a fornecer para Dormammu sacrifícios humanos.

Para testar seu lacaio, Mordo, ele utilizou o nome O Grande Enigma. Sem que soubesse da verdade, Mordo procurou realizar sacrifícios para esta entidade misteriosa. Após enfrentar Doutor Estranho e o heróico Homem-Aranha, Mordo fugiu através de um portal onde encontraria o Grande Enigma, que era ninguém menos do que o próprio Dormammu. A oposição de Strange intrigou Dormammu, que passou a suspeitar que o poder do Ancião estava finalmente enfraquecendo.

Enviou um mensageiro fantasmagórico ao Ancião para anunciar que novamente planejava conquistar a dimensão da Terra. Quando Strange viajou para a Dimensão Negra em resposta, Dormammu, surpreso que até mesmo esse desafio não trouxe o Ancião para a ação, enviou servos sobrenaturais para atormentar o recém-chegado. Quando Strange superou todos os adversários, Dormammu o enfrentou em um combate místico, mas Strange provou ser mais poderoso do que o esperado. Ao usar as energias da Dimensão Negra, Dormammu inadvertidamente enfraqueceu a barreira que continha os Acéfalos e deixou o combate para trazê-los de volta. Não desejando que os súditos de Dormammu sofressem, Strange emprestou seu poder místico a Dormammu, re-selando com sucesso as criaturas. Em dívida com Strange por sua ajuda, Dormammu sentiu-se obrigado a parar a luta, e Strange o fez jurar nunca mais ameaçar a dimensão da Terra novamente. Com raiva, Dormammu jurou vingança contra Strange, um rancor que até mesmo supera seu ódio pelo Ancião.

Dormammu concedeu a Mordo mais poder do que nunca, pois o assassinato de Strange por um terceiro indivíduo negaria o pacto. Mordo e seus servos perseguiram Strange por todo o mundo durante semanas, mas o fato de Mordo ficar se vangloriando acabou cansando Dormammu, o qual trouxe todos os três feiticeiros da Terra com ele para um reino neutro onde ele convocou os Lordes dos Mundos Inferiores, seus iguais em dominação dimensional, para vê-lo superar Strange em um combate corpo-a-corpo. Quando Strange pareceu estar em vantagem, Mordo deu-lhe um golpe místico por trás, ofendendo o senso de honra de Dormammu. Banindo Mordo pelos problemas que causou, Dormammu enfrentou Strange em uma revanche, mas foi derrotado, graças a familiaridade de seu inimigo com combate físico. Diante dos Lordes reunidos, Strange obrigou Dormammu a realizar novamente seu juramento de não ameaçar a Terra, mesmo que através de outra pessoa, aumentando a humilhação dele.

No entanto, Dormammu como um ato de vingança, baniu Clea e então manipulou o Lorde Tazza a atacar o feiticeiro.

Levado a uma fúria louca por seu rancor, Dormammu, por razões não esclarecidas, ousou desafiar a própria Eternidade. Mesmo o poder de Dormammu não sendo páreo para a personificação universal, a qual enviou seu inimigo para o misterioso Reino Desconhecido, a própria dimensão onde, ironicamente, Clea agora estava morrendo. Reunindo os demoníacos Dykkors, banidos para lá pelo Ancião há muito tempo, Dormammu enviou seres espectrais para drenar o poder de Strange, a quem ele aprisionou. Clea, no entanto, escapou para a Terra e influenciou, através da magia, Umar, a qual estava governando a Dimensão Negra na ausência de seu irmão, para libertar Strange. O feiticeiro confrontou seu inimigo na própria entrada para a Terra que ele pretendia usar, mas Dormammu acabou desistindo do ataque simplesmente por causa de seu próprio juramento de deixar a Terra em paz.

Meses depois, tendo recuperado a Dimensão Negra, Dormammu procurou uma nova brecha ao possuir o próprio Doutor Estranho, mas enfrentou a derrota nas mãos de Strange e de seus novos aliados, os Defensores. Pensando em fazer os amigos de Strange seus lacaios, ele se aliou com o deus Asgardiano Loki, o filho adotivo de Odin, para manipular os Defensores a obter o talismã chamado Olho do Mal, cujo poder ele esperava usar para fundir a dimensão da Terra e a sua própria. No entanto, Loki estava desinteressado em compartilhar o poder e manipulou os Vingadores para também procurarem o Olho, provocando a chamada Guerra Vingadores/Defensores.

Quando as duas equipes descobriram sobre o plano, eles confrontaram ambas as ameaças e, ao estímulo da mutante Feiticeira Escarlate, o Olho do Mal absorveu Dormammu como energia e a redirecionou para Loki, deixando o deus insano.

Uma centelha da consciência de Dormammu sobreviveu após o ataque da Feiticeira Escarlate e, com a ajuda de Umar, ele renasceu na própria Terra. Tendo assim quebrado seu voto e, sem dúvida, animado pela morte recente do Ancião em batalha com o monstruoso demônio Shuma-Gorath, Dormammu foi, no entanto, traído por Umar e banido por Strange, agora o Mago Supremo, e o espírito da terra Gaea.

Seu próximo plano foi colocar Strange contra o demoníaco Motoqueiro Fantasma e o fantasmagórico Caçador de Recompensas, mas acabou não tendo sucesso também.

Como um novo rumo, Dormammu aliou-se com o Doutor Destino para canalizar o poder da misteriosa confluência mística chamada Dobra Sinistra. Com o peão de Destino, Lucius Dilby, após ritualmente manter o equilíbrio universal em um jogo de xadrez com Odin, Dormammu indicou para que Mordo viajasse no tempo para 1943, onde o avô de Mordo, o Visconde Krowler, absorveu o poder do Mordo daquela época. A Cabala Sombria de Krowler então se preparou para conceder o acesso de Dormammu à Terra, canalizando o terror e o ódio provocados pelos bombardeios Nazistas da Inglaterra. Dormammu teve pouco tempo para lembrar do Comando, quando Strange e Fury interromperam a cerimônia, espalhando a essência mística de Dormammu por todo tempo e espaço.

Uma parte incorpórea de Dormammu se uniu a Strange quando ele estava se recuperando de um ataque de Shuma Gorath e, quando Strange retornou à Terra, ele possuiu o corpo do feiticeiro, como havia planejado anos antes.

A posse de um corpo humano isentou Dormammu de seu juramento, e ele convocou feiticeiros extraterrestres. Dormammu jurou expulsar os enigmáticos Celestiais, sendo agora o maior poder na dimensão da Terra, mas a consciência de Strange atraiu Dormammu para atingi-lo com poder místico, permitindo que Strange reconstruísse sua forma astral, enquanto seu aliado Topaz exorcizava a presença de Dormammu.

A invasão de Dormammu à dimensão da Terra acabou encontrando um adversário improvável, o Barão Mordo, o qual havia finalmente cansado dos abusos de Dormammu e esperava reivindicar a Terra para si mesmo. Enquanto Strange e Clea se libertavam, Umar, com Mordo como seu aliado, forçou Dormammu a aceitar um acordo, prometendo a ele a sua própria dimensão para começar de novo, mas não mencionando o fato de que era a dimensão dos Acéfalos, os quais estavam ansiosos para atacar Dormammu.

3- Flyx: 

Umar então reivindicou o governo da Dimensão Negra, com Mordo como seu amante, mas logo Dormammu, se passado por um faltine em forma de fada chamado Flyx, enganou Clea e a convenceu a reunir aliados místicos entre os Lordes dos Mundos Inferiores para depor sua mãe.

Isso libertou Dormammu para recuperar seu reino, tornando-se mais poderoso do que nunca. Strange, embora muito enfraquecido, depois de perder muito de seu próprio poder, renunciando aos Principados que o auxiliavam, confrontou-o ao lado de uma nova equipe de Defensores Secretos. Excitado com o poder, Dormammu se regozijava de que a própria natureza maligna da humanidade, demonstrada pelos horrores da época de guerra em que ele lutara contra Strange e Fury, provava a necessidade de seu governo. Dormammu então desprezou seus inimigos e logo depois permitiu que Strange e o híbrido humano-alienígena Falcão de Aço selassem uma ruptura entre a Dimensão Negra e o Ciberespaço tecnológico da Terra, indulgências das quais ele sem dúvida se arrependeu mais tarde.

Quando os Guardiões da Galáxia do século 31 da Terra-691 viajaram para a era moderna da Terra-616 de Strange, Dormammu, por capricho, seguiu-os de volta à sua era de origem e atacou a sede deles, exigindo a presença do Doutor Estranho, agora conhecido como o Ancião, na era dos Guardiões. O futuro Strange e seu discípulo, o alienígena Krugarr, chegaram para o desafio, mas nem Krugarr, nem os Guardiões, nem seus associados, os Guardiões Galácticos, poderiam impedir Dormammu, combinando seu próprio poder com o de sua versão do futuro, de matar Strange. Contudo, descuidado com a sua vitória, Dormammu permitiu-se ser derrotado quando os Guardiões, imprevisivelmente, o teletransportaram pela nave deles e o atacaram em sucessão com poderes não-místicos desconhecidos para ele, forçando-o a voltar ao seu tempo e reino.

Seja como resultado de suas viagens através do tempo ou da alteração da realidade causada pela Guerra das Sete Esferas, Dormammu, apesar da vitória sobre não um único Doutor Estranho, mas dois, sofreu uma severa perda de poder, reduzindo-o a uma casca humanóide, enquanto Clea liderava uma rebelião contra ele.

Mantendo seu trono, mas demorando para recuperar seu poder, Dormammu ligou sua essência a um demônio menor para entrar na dimensão da Terra desapercebido, onde ele manipulou o mutante Jonathan White para conceder poder místico a outros, fortalecendo seu mestre através de milhões de adoradores. Embora o Doutor Estranho tenha rapidamente dado um fim a esse plano, o Dormammu revitalizado lançou seu esquema mais ambicioso, entrou em guerra contra os demônios e Deuses da Morte que governavam o Inferno, através do qual ele planejava alcançar a Terra. Com Satannish como seu tenente, ele capturou dois quintos da região, mas foi expulso pelo poder unido de seus adversários, reunidos pela heroína Felina. O próprio reino de Dormammu sofreu o ataque do poderoso Arqui-inimigo, a quem nem mesmo os Acéfalos conseguiram derrotar, forçando Dormammu a criar uma aliança com Mefisto e dezenas de outros governantes demoníacos dos chamados “Reinos Divididos”, antes que a criatura fosse finalmente destruída pela feiticeira Magia (Amanda Sefton), mas não sem ter causado danos severos a todos os reinos envolvidos.

Talvez esperando recuperar suas perdas, Dormammu atacou a dimensão da Terra mais uma vez. Strange novamente espalhou a essência de Dormammu em todas as dimensões, mas Dormammu, antecipando essa manobra, liberou os Acéfalos na Terra. Quando o Senhor Fantástico usou sua tecnologia para forçar os Acéfalos a voltarem, ele inadvertidamente atraiu Dormammu de volta à Terra. Strange, no entanto, o derrotou, ousando adulterar o próprio tempo para garantir a vitória, mas Dormammu ressurgiu meses depois, levado à loucura, falando de uma infância e pais que nunca teve.

Dormammu e Umar formaram uma união entre seus poderes para torná-los mais poderosos. Eles atacaram e derrotaram a Eternidade. Dormammu usou seu poder para refazer o universo à sua imagem. Ele foi interrompido quando Doutor Estranho, Hulk e Namor o atacaram, enquanto Umar secretamente sugava o poder de Dormammu, o prendendo em uma forma fraca e sem poderes. Ela então partiu, devido à falta de interesse.

Dormammu foi eventualmente reencarnado no núcleo da Terra como um gigante, e aprisionou Gaea. Ele então lutou contra a Feiticeira Escarlate para se vingar de sua prisão no Olho do Mal, mas acabou perdendo.

Seu poder foi roubado por Umar, e ele foi expulso da terra. Mais tarde ele viajou de volta no tempo para 1943. Ele foi expulso do corpo do Visconde Krowler pelo Doutor Estranho.

Dormammu revelou-se como o demônio por trás dos poderes do Capuz, concedendo-lhe a capacidade de ver através dos disfarces dos Skrulls.

Enquanto no Limbo, a recentemente ressuscitada Illyana Rasputin, atacou vários outros demônios procurando por sua Espada Espiritual e o amuleto da pedra de sangue original. Isso não passou despercebido por Mefisto, Coração Negro, Satannish, Dormammu e Hela.

3- Reinado Sombrio: 

Dormammu encarregou o Capuz de encontrar o Doutor Estranho e usurpar sua posição como Mago Supremo. Doutor Estranho caiu para o poder da Dimensão Negra, forçando os Novos Vingadores a enfrentarem Dormammu enquanto a luta pelo novo Mago Supremo continuava.

Dormammu mais tarde atacou os Novos Vingadores, Doutor Estranho e Daimon Hellstrom diretamente na dimensão da Terra, mas acabou encontrando o Irmão Vodu com o Olho de Agamotto, o qual interviu contra ele. Dormammu foi exorcizado do Capuz através dos esforços unidos do Doutor Estranho, Daimon Hellstrom e Irmão Vodu. Ele foi banido novamente para sua própria Dimensão Negra, tendo falhado em se erguer como o Mago Supremo ou destruir o escolhido. Loki enigmaticamente se ofereceu para ajudar o Capuz mais tarde.

Dormammu estava interessado no vírus zumbi, acreditando que era uma arma perfeita para tornar sua conquista da Terra muito mais fácil, com o Mago Supremo tendo erguido defesas mágicas em torno dos limites dimensionais para impedir que ele atuasse diretamente nesse plano, e comandou que o Capuz o protegesse. Mais tarde, quando Jennifer Kale ficou aterrorizada com a possibilidade do vírus zumbi se tornar transmissível pelo ar, Dormammu apareceu diante dela e a ofereceu seu poder. Kale eventualmente aceitou seu poder quando a situação parecia desesperada e o Homem-Coisa havia caído.

Citações:
aspasEu sou um recém-nascido nessa dimensão, e meu poder está crescendo firmemente! O tempo virá em breve quando eu destruirei os Senhores da Ordem deste plano — derrubarei os Celestiais, queimando-os na Chama dos Faltines!”

Edições Importantes:

( Contribuições: Bolivartrask, Publyo, Lockheed Pryde.  Revisão: Patryck Garbazza)
Quer acrescentar alguma informação? Comente:
Quer utilizar nosso texto? Ok, mas coloque a referência com link pro nosso site

Anúncios

Páginas: 1 2 3

3 Respostas to “Dormammu”

  1. Visitante de um mundo paralelo Says:

    Dormammu, eu vim comentar!

  2. Ivan Bismarck Schmidt Rodrigues Says:

    esse cara é terrível

  3. José Guilherme Says:

    Já tava na hora de um protocolo do Dormammu. Ficou muito bom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: